Terça-feira, 07 de Junho de 2011 - 16h29
Cinzas de vulcão chileno podem chegar ao Oeste de Santa Catarina
Devido à altitude, não há risco de a nuvem causar precipitações na região

Depois de atingirem parte do Rio Grande do Sul, as cinzas do vulcão Puyehue, em erupção desde o útimo sábado no Chile, podem alcançar o Oeste de Santa Catarina entre esta terça e a quarta-feira. Entretanto, a presença da nuvem na região não deve causar problemas, devido à altitude em que ela vai ficar: entre 14 e 15 quilômetros da atmosfera.

As cinzas devem chegar por meio de jatos, ou seja, ventos que circulam em níveis altos da atmosfera, segundo explica o meteorologista do Grupo RBS Leandro Puchalski. Por isso, não há chance de que ela caiam sobre a região em forma de chuva, por exemplo.

Como há nuvens baixas sobre o Oeste, a população não deve sentir a chegada das cinzas. Caso o vulcão siga por mais tempo em erupção e o tempo voltar a ficar seco na região, os moradores podem chegar a perceber uma diferença na coloração do céu durante o dia (que ficaria mais acinzentado) e também ao amanhecer e anoitecer, quando o tom laranja seria realçado.

— Nesse caso teremos que reavaliar a situação, mas as cinzas não devem passar do Oeste do Estado — completa Puchalski.

 

Puyehue

O vulcão pertence ao complexo Puyehue - Cordón - Caulle, localizado no sul do Chile,a 870 quilômetros da capital Santiago. Cerca de 3,5 mil pessoas tiveram que sair da região, segundo informou o Serviço Nacional de Geologia e Mineração chileno.


Fonte: Diário Catarinense


COMPARTILHE:

Rádio Porto Feliz - AM 1530
Avenida Porto Feliz, 188 - Centro - Mondaí - SC
Ligue para nós: (49) 36740122

Este site também pode ser acessado via Smartphone/Tablet. Mais mobilidade para você.