Quinta-feira, 12 de Maio de 2011 - 08h52
Santa Catarina tem 551 focos da dengue
Foram confirmados 74 casos, sendo que dois contraídos dentro do Estado.

Após Santa Catarina confirmar o segundo caso de dengue transmitida dentro do Estado, o momento agora é de alerta para evitar a proliferação do mosquito causador da doença.

De acordo com a Diretoria de Vigilância Epidemiológica (Dive), os cuidados devem ser redobrados nas cidades mais populosas, pois nelas foi encontrado o maior número de focos do Aedes aegypti no ano.

Florianópolis, Joinville, Blumenau e Chapecó registraram 263 focos, o que representa 47% dos 551 criadouros encontrados no território catarinense. é nas grandes cidades que existe maior circulação de pessoas e mercadorias vindas de outros estados, o que aumenta o risco.

Apesar de 551 focos ser considerado um número alto, o índice baixou em relação ao ano passado, quando foram registrados 764 criadouros de janeiro a maio.

Mas 2011 ficará marcado como o ano em que Santa Catarina perdeu o referencial de ser o único estado em que não havia casos de dengue transmitidos em seu território.

 Das 74 notificações confirmadas, duas foram de pessoas que adquiriram a doença em suas próprias cidades. As vítimas foram Normélio Damer, 77 anos, em São João do Oeste, e uma mulher de 58 anos – com identidade não divulgada –, de Joinville.

O idoso teria adquirido a doença porque um mosquito teria picado a sua mulher, que teria contraído a dengue fora do Estado. No segundo caso, ocorrido em fevereiro, mas comprovado apenas nesta semana, não foi descoberta a forma de transmissão.


Fonte: Diário Catarinense


COMPARTILHE:

Rádio Porto Feliz - AM 1530
Avenida Porto Feliz, 188 - Centro - Mondaí - SC
Ligue para nós: (49) 36740122

Este site também pode ser acessado via Smartphone/Tablet. Mais mobilidade para você.