Quarta-feira, 30 de Novembro de 2022 - 10h20 - Atualizado em: Quarta-feira, 30 de Novembro de 2022
Árbitra de SC está escalada em jogo decisivo da Copa do Mundo
Neuza Inês Back, de Saudades, faz parte da primeira equipe de arbitragem feminina a apitar em uma Copa
Foto: Liamara Polli / CBF

A catarinense Neuza Inês Back, 38 anos, de Saudades, na região Oeste de Santa Catarina, está escalada e compõe a primeira equipe de arbitragem feminina a apitar em uma Copa do Mundo de futebol masculino.

A competição tem 92 anos de história.

A partida pode definir a vida da gigante Alemanha diante da Costa Rica, na quinta-feira (1º), pela terceira rodada do Grupo E, às 16h.

Ela será a assistente número 1, ao lado da mexicana Karen Diaz Medina. A arbitragem será da francesa Stéphaine Frappart.

O anúncio foi feito pela FIFA que confirmou a primeira experiência com mulheres no apito de um jogo entre homens, em uma Copa do Mundo.

O principal torneio da galáxia está perto de completar 100 anos, em 2030.

A outra partida do grupo ficará entre Japão e Espanha, vice-líder e líder, respectivamente.

De Saudades para o mundo

Neuza Inês Back é natural de Saudades, no Oeste catarinense, e iniciou a sua carreira na FCF (Federação Catarinense de Futebol).

A representante do Estado, no Catar, é formada em educação física.

Após ter se formado pela Escola Catarinense de Arbitragem Gilberto Nahas (ECAGN) em 2008, ela atuou na FCF por mais de 10 anos. Atualmente ela atua pela FPF (Federação Paulista de Futebol).

A árbitra assistente atuou em 2019 na França na semifinal da Copa do Mundo Feminina entre Estados Unidos e Inglaterra.

Na carreira ela também possui a marca de ser a primeira assistente feminina a atuar em um jogo internacional fora do Brasil. Ela foi árbitra assistente do jogo da Copa Sul-Americana entre Peñarol (URU) e Vélez Sarsfield (ARG), em Montevidéu, no Uruguai.

Começo

Em 2006, ingressou na Federação depois de participar da avaliação anual, da qual foi aprovada.

Já em 2008, estreou no futebol profissional, atuando em jogos do campeonato catarinense e no mesmo ano, foi incluída na relação nacional do quadro de arbitragens que iriam atuar na Copa do Brasil feminina.

Em 2012, foi informada que seu nome tinha sido incluído na relação de árbitros aspirantes da FIFA e passou a atuar em partidas internacionais.


Fonte: ND+


COMPARTILHE:

Rádio Porto Feliz - AM 1530
Avenida Porto Feliz, 188 - Centro - Mondaí - SC
Ligue para nós: (49) 36740122

Este site também pode ser acessado via Smartphone/Tablet. Mais mobilidade para você.