Segunda-feira, 08 de Agosto de 2022 - 15h30 - Atualizado em: Segunda-feira, 08 de Agosto de 2022
Promotor da Comarca de Descanso ministra palestra em Santa Helena
Na pauta, direitos e deveres da população em geral, das crianças e adolescentes
Foto: Ascom/Prefeitura

Através da Rede de Atendimento do município de Santa Helena, o promotor da Comarca de Descanso, Dr. Felipe Bruggemann, ministrou uma palestra aberta à comunidade no dia 04 de agosto, quinta-feira.

A palestra foi realizada no Clube IRESH e contou com boa adesão da população.

Em pauta estiveram vários assuntos relacionados aos direitos e deveres da população em geral e das crianças e adolescentes.

Entre os assuntos abordados na palestra, esteve a evasão escolar e das responsabilidades da família nesta situação, que pode configurar infração administrativa.

“Abandono intelectual do filho é crime, pode incorrer em acolhimento institucional e, em último caso, ocorre a destituição do poder familiar”, afirma.

Dr. Felipe ressaltou que o Ministério Público quer resolver os problemas, mas é necessário o comprometimento das famílias.

O desregramento e a má conduta dos adolescentes podem incorrer em penalidade aos mesmos como prestação de serviço à comunidade, liberdade assistida, medida socioeducativa e pode culminar em internação no CASEP.

Outra situação abordada e muito presente nas famílias são os acessos dos menores de idade à internet.

O promotor afirma que a família deve acompanhar e monitorar o que os menores acessam, colocando limites no uso de celular e da navegação nas redes sociais.

A internet representa uma série de riscos e ameaças, pois é ali que circulam conteúdos impróprios e o excesso de bullying virtual, situação que também tem ocorrido nas Escolas.

Em relação a convivência familiar, Bruggemann enalteceu a importância de os pais estarem próximos dos filhos e impor limites desde cedo para que a família não viva a ‘síndrome do imperador’, onde a criança decide como a família deve se portar.

"A superproteção não é o caminho ideal”, alerta.

No final da palestra, Dr. Felipe, voltou a questão do desrespeito aos professores e afirmou que a Escola não deve aceitar desrespeito.

“Todo agente público merece respeito e ambiente para trabalhar. O desacato ao professor não pode ser tolerado. Isso acontecendo será aplicada alguma das medidas socioeducativas. Igualmente, as famílias não devem aceitar este comportamento dentro de suas casas”.

Para finalizar, o promotor ressaltou a importância do Conselho Tutelar, dizendo que deve ser proativo e ir até às famílias que estão vivenciando essa situação, evitando que problemas maiores sejam registrados.


Fonte: Inácio Rohden / Rádio 103 FM


COMPARTILHE:

Rádio Porto Feliz - AM 1530
Avenida Porto Feliz, 188 - Centro - Mondaí - SC
Ligue para nós: (49) 36740122

Este site também pode ser acessado via Smartphone/Tablet. Mais mobilidade para você.