Terça-feira, 14 de Setembro de 2021 - 13h48
Macaco é encontrado morto no interior de São João do Oeste
O primata foi localizado por um morador da comunidade
Foto: Ascom / São João do Oeste

No último sábado (11), foi localizado na comunidade de Cristo Rei um macaco prego morto.

O primata foi localizado por um morador da comunidade.

Ao tomar conhecimento do fato a equipe de saúde de São João do Oeste acionou a Vigilância Epidemiológica do Estado e uma equipe se deslocou dos municípios de Chapecó e São Miguel do Oeste até o município para a coleta de material para investigação de Febre Amarela.

Morgana Brum Grade, enfermeira responsável pela epidemiologia, ressalta que esse é um procedimento padrão regido por protocolos, onde o material é coletado e vai para análise no laboratório de saúde pública (LACEN) em Florianópolis.

O resultado é enviado a secretaria, mas ainda não há um prazo para a resposta.

Morgana salienta que macacos mortos são possíveis sinais de alerta para a circulação do vírus da febre amarela.

Ela ressalta que o macaco não é o transmissor da doença ao ser humano, sendo que, o real transmissor são os mosquitos, porém os macacos são os primeiros a apresentarem sintomas ou morrerem.

A orientação geral é que ao encontrar um macaco morto as pessoas não devem tocar no animal e avisar imediatamente o setor de saúde do município.

“A vacina contra a febre amarela é o recurso mais eficaz para evitar a doença. Uma dose da vacina, durante toda a vida, já é o suficiente. Como São João do Oeste pertence a área de recomendação de vacina (ACRV) a maioria da população já está imunizada e protegida há anos” finaliza.


Fonte: Rádio Porto Feliz / Ascom São João do Oeste


COMPARTILHE:

Rádio Porto Feliz - AM 1530
Avenida Porto Feliz, 188 - Centro - Mondaí - SC
Ligue para nós: (49) 36740122

Este site também pode ser acessado via Smartphone/Tablet. Mais mobilidade para você.