Sábado, 28 de Novembro de 2020 - 16h10 - Atualizado em: Sábado, 28 de Novembro de 2020
​Santa Catarina terá Semana de Mobilização contra o Aedes aegypti
Entre 30 de novembro e 5 de dezembro, Estado organiza uma semana de prevenção contra o mosquito
Foto: Imagem Ilustrativa

Santa Catarina tem 103 municípios infestados pelo Aedes aegypti, transmissor de dengue, zika vírus e febre chikungunya.

Para mobilizar a população contra o mosquito e incentivar a eliminação de criadouros, Santa Catarina se prepara para uma semana de mobilização, entre os dias 30 de novembro e 5 de dezembro.

Os dados da DIVE/SC (Diretoria de Vigilância Epidemiológica de Santa Catarina) mostram ainda que 11 municípios estão em situação de epidemia de dengue.

Isso significa que a taxa de incidência da doença nestas cidades é maior de 300 casos por 100 mil habitantes.

Com mais de 11 mil casos de dengue, 2020 é o ano com o maior número de casos confirmados da doença em Santa Catarina.

“Por isso é tão importante eliminar locais que possam acumular água e reforçar junto à população a importância das medidas de controle do mosquito. Essa é a melhor maneira de evitarmos novos casos”, afirma João Fuck, gerente de zoonoses da DIVE/SC.

Como prevenir

- Evite usar pratos nos vasos de plantas. Se usar, coloque areia até a borda;

- Guarde garrafas com o gargalo virado para baixo;

- Mantenha lixeiras tampadas;

- Deixe os tanques utilizados para armazenar água sempre vedados, sem qualquer abertura, principalmente as caixas d’água;

- Plantas como bromélias devem ser evitadas, pois acumulam água.

- Trate a água da piscina com cloro e limpe-a uma vez por semana;

- Mantenha ralos fechados e desentupidos;

- Lave com escova os potes de comida e de água dos animais, no mínimo uma vez por semana;

- Retire a água acumulada em lajes;

- Limpe as calhas, evitando que galhos ou outros objetos não permitam o escoamento adequado da água;

- Dê descarga, no mínimo uma vez por semana, em vasos sanitários pouco usados e mantenha a tampa sempre fechada;

- Evite acumular entulho, pois podem se tornar criadouros do mosquito.

O Aedes aegypti

O mosquito transmissor do vírus da dengue, zika e chikungunya é o Aedes aegypti.

Ele possui características listras brancas nas patas.

Uma fêmea pode depositar até cem ovos em recipientes que tenham ou possam acumular água.


Fonte: ND Mais


COMPARTILHE:

Rádio Porto Feliz - AM 1530
Avenida Porto Feliz, 188 - Centro - Mondaí - SC
Ligue para nós: (49) 36740122

Este site também pode ser acessado via Smartphone/Tablet. Mais mobilidade para você.