Quinta-feira, 20 de Fevereiro de 2020 - 05h10 - Atualizado em: Quinta-feira, 20 de Fevereiro de 2020
​Jararacuçu é capturada em Tunápolis
Cobra tinha cerca de 1,3 metros de comprimento
Foto: Divulgação / Polícia Militar Ambiental

Na manhã desta quarta-feira (19), a Polícia Militar Ambiental, foi acionada por um agricultor da Linha Raigão Baixo, interior de Tunápolis, que teria realizado a captura de uma serpente.

Ao chegar no local a guarnição observou tratar-se de uma espécie muito difícil de ser vista na região, sendo uma Jararacuçu com aproximadamente 1,3 metros de comprimento.

Os indivíduos dessa espécie, quando na fase adulta, podem atingir 2,2 metros, sendo assim considerada a segunda maior espécie de serpente peçonhenta do Brasil.

Além disso, é a serpente brasileira com maior capacidade de produção de veneno.

Quando pica alguém ela injeta grande quantidade de veneno com suas presas que medem aproximadamente 2 centímetros e meio de comprimento.

A Polícia Militar Ambiental destaca que durante o verão, as aparições de serpentes ocorrem com mais frequência, assim é muito importante manter os jardins e arredores das residências limpos, sem acúmulos de galhos e entulhos, locais que podem servir de abrigos para esses animais.

Caso ocorra se se deparar com uma serpente a pessoa não deve tentar capturá-la, evitando assim possíveis acidentes com esses animais.


Fonte: Rádio Porto Feliz / PMA


COMPARTILHE:

Rádio Porto Feliz - AM 1530
Avenida Porto Feliz, 188 - Centro - Mondaí - SC
Ligue para nós: (49) 36740122

Este site também pode ser acessado via Smartphone/Tablet. Mais mobilidade para você.