Quinta-feira, 13 de Fevereiro de 2020 - 04h56 - Atualizado em: Quinta-feira, 13 de Fevereiro de 2020
​Motorista de micro-ônibus que arrastou e matou adolescente é condenado
Jovem ficou presa pelo casaco na porta do veículo
Foto: Polícia Civil / Divulgação

O motorista do micro-ônibus que arrastou e matou a adolescente Samanta Melissa Cansi, de 15 anos, no interior de Caibi, no Oeste de Santa Catarina foi condenado por homicídio culposo (quando não há intenção de matar) na direção de veículo automotor, a quatro anos, nove meses e quatros dias de reclusão, em regime semiaberto, pela Justiça de Palmitos (SC).

A decisão ocorreu no dia 18 de dezembro de 2019 e foi divulgada a imprensa nesta semana.

Segundo informações do Núcleo de Comunicação Institucional/Oeste do Tribunal de Justiça de Santa Catarina, o motorista ainda teve o direito de dirigir suspenso por quatro meses e 21 dias. Ele recebeu o direito de recorrer em liberdade.

Ele recorreu da decisão.

Relembre o caso

Na manhã do dia 17 de setembro de 2018, Samanta Melissa Cansi morreu, após ser arrastada por cerca de dois quilômetros por um micro-ônibus escolar no interior de Caibi.

A adolescente ficou presa no veículo pelo casaco ao descer do transporte coletivo e foi arrastada até a morte.

O corpo da menina foi encontrado com múltiplas fraturas pelo pai, que foi procurar a filha após ela demorar a chegar em casa.


Fonte: ClicRDC


COMPARTILHE:

Rádio Porto Feliz - AM 1530
Avenida Porto Feliz, 188 - Centro - Mondaí - SC
Ligue para nós: (49) 36740122

Este site também pode ser acessado via Smartphone/Tablet. Mais mobilidade para você.