Quinta-feira, 18 de Abril de 2019 - 05h07
Grêmio vence Inter nos pênaltis após VAR e confusão e é bicampeão gaúcho
Placar foi de 0 a 0 no tempo normal
Foto: Lucas Uebel | Grêmio FBPA

O Grêmio é bicampeão gaúcho. Hoje (17), o tricolor venceu o Internacional nos pênaltis por 3 a 2 depois de um Gre-Nal tenso, com direito a dupla utilização do VAR, confusão com expulsão de D'Alessandro no banco de reservas e 14 minutos de acréscimos no total. Paulo Victor pegou três pênaltis, cobrados por Camilo, Cuesta e Nico López, e André fez o último gol da disputa.

A taça de 2019 é a 38ª conquista estadual do Grêmio, que venceu o Gauchão de 2018 em cima do Brasil de Pelotas. O último título local diante do Internacional havia sido em 2010.

Reis da América no banco

Vencedores do prêmio Rei da América, concedido pelo jornal El País, D'Alessandro e Luan começaram o Gre-Nal decisivo do Campeonato Gaúcho no banco de reservas. Um lugar bem diferente em relação ao trono ocupado por ambos em outros tempos.

Inter surpreende com postura

Quem esperava um Inter reativo foi surpreendido. O time de Odair Hellmann começou o clássico com marcação alta, agressividade e com a bola. As faltas em série de Pottker e Paolo Guerrero simbolizaram o espírito do time fora de casa: extremamente aplicado e elétrico.

Três cartões em 20 minutos

O vigor do Inter fez o Grêmio também se impor. O jogo ficou ríspido, e três cartões foram aplicados em míseros 20 minutos. Outros poderiam ter sido aplicados, mas acabaram não sendo dados por Jean Pierre Lima, árbitro da partida.

Se o Gre-Nal foi pegado, Kannemann e Guerrero são a síntese da disputa mais dura. O zagueiro e o centroavante trocaram empurrões e se estranharam, tanto com a bola rolando quanto com ela parada. O camisa 4 do Grêmio levou amarelo primeiro, mas o peruano do Inter recebeu ainda antes do intervalo. Em meio ao jogo físico, cada estrangeiro gerou uma chance de gol. O gremista chutou de dentro da área e viu Lomba pegar. Já o colorado cabeceou e obrigou Paulo Victor a fazer grande defesa.

Inter se fecha e Grêmio arrisca de longe

Depois da blitz inicial, o Inter se fechou. A proteção total ao gol de Marcelo Lomba fez o Grêmio rodar a bola de um lado para o outro em busca de espaço. Sem brechas, o Grêmio teve de arriscar de fora da área. Everton, Jean Pyerre, Matheus Henrique e Leonardo tentaram, mas sem a pontaria necessária.

Pênalti marcado com VAR gera confusão

Aos 23 do segundo tempo, Bruno Cortez caiu na área e reclamou falta de Guilherme Parede. A arbitragem consultou o VAR e decidiu marcar e penalidade. A decisão gerou revolta no Internacional, que protestou de forma veemente. Durante a bronca, D'Alessandro partiu para cima do quarto árbitro, Daniel Bins, e recebeu cartão vermelho. Odair Hellmann também foi expulso e se recusou a sair. O treinador acabou sendo conduzido para fora do gramado por policiais da Brigada Militar.

Lomba pega pênalti e frustra André

Depois de oito minutos, André cobrou pênalti, e Marcelo Lomba defendeu no canto inferior esquerdo. O camisa 90 perdeu a chance de redenção e também oportunidade para se consolidar como titular do ataque do Grêmio.

Nos pênaltis: Paulo Victor brilha

Camilo, do Inter, foi o primeiro a cobrar e perdeu, Paulo Victor defendeu. Diego Tardelli abriu para o Grêmio e marcou. Rafael Sobis seguiu as cobranças pelo Inter e fez. Everton chutou por cima logo em seguida, igualando novamente as cobranças. O terceiro batedor foi Paolo Guerrero, que também fez. O seguinte foi Matheus Henrique, que também fez. Depois, foi a vez de Victor Cuesta bater, e Paulo Victor pegou. Michel bateu, e Marcelo Lomba pegou. Nico López fechou para o Inter, mas perdeu, com mais uma defesa de Paulo Victor. André encerrou as cobranças com o gol do título, se redimindo da falha durante o jogo.

FICHA TÉCNICA

GRÊMIO (3) 0 X 0 (2) INTERNACIONAL

Data: 17/04/2019 (quarta-feira)

Local: Arena do Grêmio, em Porto Alegre (RS)

Árbitro: Jean Pierre Lima

Auxiliares: Rafael da Silva Alves e Lúcio Beiersdorf Flor

Renda: R$ 2.960.606,00

Público: 51.003 (47.759 pagantes)

Cartões amarelos: Kannemann, Michel (GRE); Pottker, Patrick, Guerrero, Daniel, Cuesta, Guilherme Parede, Rafael Sobis (INT);

Cartões vermelhos: D'Alessandro (INT)

GRÊMIO: Paulo Victor; Leonardo, Kannemann, Geromel e Bruno Cortez; Maicon (Michel), Matheus Henrique, Alisson (Diego Tardelli), Jean Pyerre (Luan) e Everton; André

Técnico: Renato Gaúcho

INTERNACIONAL: Marcelo Lomba; Zeca (Camilo), Rodrigo Moledo, Cuesta e Iago (Rafael Sobis); Rodrigo Dourado, Edenílson, Patrick, Pottker (Parede) e Nico López; Paolo Guerrero

Técnico: Odair Hellmann


Fonte: Uol / Esporte


COMPARTILHE:

Rádio Porto Feliz - AM 1530
Avenida Porto Feliz, 188 - Centro - Mondaí - SC
Ligue para nós: (49) 36740122

Este site também pode ser acessado via Smartphone/Tablet. Mais mobilidade para você.