Segunda-feira, 30 de Maio de 2011 - 09h43
Falcão pede reforços
Técnico diz que quer no máximo 27 atletas

Na contramão da opinião quase consensual de que o Inter tem um dos melhores grupos do Brasil, Falcão pede reforços. Segundo o técnico colorado, com o material humano que tem em mãos hoje, não será possível ser campeão brasileiro e quebrar um jejum de quase 32 anos do clube sem o principal título nacional. Após ser derrotado pelo Ceará no Beira-Rio, no último sábado, Falcão vê o time em fase de "enquadramento" e cita pelo menos seis clubes que teriam elenco mais qualificado que o Inter: Cruzeiro, Fluminense, Flamengo, Santos, São Paulo e Corinthians. A vantagem desse sexteto estaria nas peças de reposição. Ansioso por reforços, Falcão está à espera da direção e garante que os dirigentes estão "se mexendo" em busca de nomes de qualidade.

Desde sua chegada em abril, o Inter trouxe três atacantes apenas em nível de grupo: Gilberto, Jô e Siloé. O técnico prefere não falar em nomes e revela que gostaria de trabalhar com um grupo de, no máximo, 27 jogadores. A solução dificilmente virá da base. Segundo Falcão, ele está "atento" às categorias inferiores e não vê nenhum jogador "pronto" entre os garotos no Beira-Rio. Mesmo assim, lançar um garoto em momento de derrotas seria mais complicado, acredita. Se os jovens precisarão esperar, os veteranos ainda terão espaço com Falcão, que não considera necessário abrir mão de jogadores mais experientes, com mais de 30 anos, casos de índio, Bolívar, Rodrigo e Guiñazu.

Enquanto não chegam novas contratações, Falcão tem uma semana inteira para trabalhar antes do confronto com o América-MG, no domingo, às 18h30min, em Campo Grande-MS. Para esse desafio, já não contará com Leandro Damião e Bolatti, convocados para as seleção do Brasil e da Argentina, respectivamente.

 

Próximos jogos

05/06 - América-MG  x  Inter

12/06 - Inter x  Palmeiras

18/06 - Coritiba x Inter


Fonte: Clicrbs


COMPARTILHE:

Rádio Porto Feliz - AM 1530
Avenida Porto Feliz, 188 - Centro - Mondaí - SC
Ligue para nós: (49) 36740122

Este site também pode ser acessado via Smartphone/Tablet. Mais mobilidade para você.