Quarta-feira, 16 de Novembro de 2022 - 07h53
Taison terá de cortar salário em mais de 50% para trocar Inter por Cruzeiro
Jogador está na mira do clube mineiro
Foto: Ricardo Duarte/ Internacional

Após o sucesso na temporada 2022 e o titulo da Série B do Campeonato Brasileiro, o Cruzeiro prepara um nova reformulação no elenco para 2023, quando estará de volta à elite do futebol nacional. Com a meta de não correr risco de rebaixamento e sem poder de investimento buscar grandes contratações, a Raposa vai priorizar a busca por atletas que não geraram nenhum custo de aquisição, como foram os casos do goleiro Anderson e do zagueiro Neris.

É também a situação do meia-atacante Taison, que recebeu uma proposta para deixar o Inter. Mas não é uma operação simples, até pelo salário que o atleta recebe atualmente.

Taison é dono de um dos maiores vencimentos do Colorado e recebe cerca de R$ 700 mil mensais. O contrato vai até abril de 2023 e dificilmente o Inter renovará o vínculo com o atleta de 34 anos, que já pode assinar um pré-contrato. De acordo com apuração do UOL Esporte, a equipe de Porto Alegre até está disposta em facilitar a saída de Taison antes de do prazo. O Cruzeiro surge como uma opção, mas o salário oferecido pelo clube mineiro não chega nem perto do que ele recebe do Inter.

A oferta do Cruzeiro é de aproximadamente R$ 300 mil mensais. Portanto, Taison teria de aceitar uma redução superior a 50% no salário caso tope trocar Porto Alegre por BH.

Reserva do Inter na temporada 2022, com o contrato próximo do fim e aos 34 anos, Taison está ciente de que terá um salário menor na próxima temporada, caso continue no futebol brasileiro. Mas como está ligado ao Inter até abril, o meia-atacante não demonstra pressa para definir seu futuro.

Elevação do teto salarial

A primeira coisa que Ronaldo Nazário fez quando assumiu o Cruzeiro foi cortar os maiores salários do elenco. Sobrou até para o ídolo Fábio, que deixou a Toca da Raposa após 17 temporadas. Mas com o retorno do clube à Série A do Brasileirão e o aumento nas receitas do clube, que projeta faturar mais de R$ 200 milhões em 2023, o clube mineiro vai mais do que dobrar a folha salarial.

O time que conquistou a Série B custava cerca de R$ 2 milhões por mês, valor que é considerado insuficiente para montar uma equipe capaz de evitar o rebaixamento na Série A. Ronaldo e sua equipe projetam um Cruzeiro forte como os demais grandes clubes do Brasil a partir de 2025. Mas até lá o trabalho ainda será de recuperação e com gastos controlados.


Fonte: Uol/esporte


COMPARTILHE:

Rádio Porto Feliz - AM 1530
Avenida Porto Feliz, 188 - Centro - Mondaí - SC
Ligue para nós: (49) 36740122

Este site também pode ser acessado via Smartphone/Tablet. Mais mobilidade para você.