Domingo, 12 de Junho de 2022 - 06h58
Com dois de Wanderson, Inter vence o Flamengo no Beira-Rio e entra no G-4 do Brasileirão
Colorado chegou aos 18 pontos na tabela e assumiu a terceira colocação
Foto: Mauro Schaefer

O Inter fez um primeiro tempo de luxo e venceu o Flamengo por 3 a 1, neste sábado (11), no Beira-Rio. No dia do aniversário de 60 anos do técnico Mano Menezes, o Colorado deu para a torcida o presente com a entrada no G-4 do Brasileirão. Os gols gaúchos foram marcados por Wanderson, na primeira etapa, e Pedro Henrique, no final. Andreas Pereira descontou para os cariocas.

O próximo compromisso colorado será na quarta-feira (16), diante do Goiás, em Goiânia. Carlos de Pena e Taison, que levaram o terceiro amarelo, serão desfalques. Por outro lado, Edenilson voltará a ficar à disposição após ter cumprido suspensão contra o Flamengo.

Sem Edenilson, suspenso pelo terceiro amarelo, Mano Menezes apostou novamente em escalar Rodrigo Dourado como titular. O treinador, porém, mudou o posicionamento do meio-campo colorado. Dourado formou com Gabriel e Carlos de Pena um tripé atrás de Alan Patrick, que teve liberdade para criar. Wanderson, pela esquerda, e David, caindo mais pela direita do que pelo centro, completaram o setor ofensivo de uma ideia de Mano que deu resultado assim que a bola rolou.

Bastaram apenas 46 segundos para o placar ser aberto. David roubou a bola de Filipe Luís, Alan Patrick fez um belo giro na frente da área rubro-negra e encontrou Bustos livre pelo lado direito. O argentino cruzou na medida para Wanderson, que finalizou para vencer Diego Alves e fazer a alegria dos mais de 20 mil colorados presentes na noite fria de véspera de Dia dos Namorados.

O gol do cedo obrigou o Flamengo a ter a iniciativa de jogo e deu ao Inter a possibilidade de jogar em cima dos erros cariocas. Com marcação mais baixa, o time colorado apostava em roubar a bola e acelerar rápido. Aos 16, Gabriel fez o desarme, tocou para Alan Patrick e apareceu na área para finalizar. Faltou ao volante, porém, um maior capricho no chute, que se perdeu pela linha de fundo.

Capricho não faltou para Wanderson logo depois. Aos 21, a jogada teve o mesmo desenho. Dessa vez, Alan Patrick interceptou o passe de Everton Ribeiro e tocou rápido para David, que encontrou Wanderson. O camisa 11 partiu para cima de Rodrigo Caio, fez o corte e chutou no canto de Diego Alves para fazer 2 a 0.

O Inter soube controlar o jogo mesmo tendo menos a bola (terminou o primeiro tempo com posse de 35%). A marcação foi eficiente com o trio de volantes fechando os espaços e contando com David e Wanderson dedicados nas coberturas pelos lados. A primeira etapa teve um único momento de susto para a torcida colorada.

Aos 39, uma desatenção na marcação permitiu que David Luiz encontrasse Bruno Henrique às costas de Bustos em um lançamento. Daniel saiu, mas o atacante rubro-negro conseguiu dar um toque por cobertura acertando a trave. No rebote, a bola ainda caiu para Gabigol, que chutou pressionado por Mercado e mandou para fora.

Foi apenas um susto diante de um primeiro tempo quase perfeito do Inter no Beira-Rio. Herói do jogo até então, Wanderson manteve a tranquilidade na saída para o vestiário.

— O adversário é bastante difícil, mas começamos com a intensidade bem alta. Estamos conseguindo fazer um bom jogo. Estamos sendo eficientes e fico feliz de poder ajudar o Inter com dois gols. Espero continuar assim para sairmos com a vitória — declarou a camisa 11, que chegou a cinco gols e assumiu a artilharia do Inter na temporada.

Diante do domínio do Inter, o estreante Dorival Jr. mexeu no Flamengo para o segundo tempo. O atacante Marinho entrou no lugar do volante Thiago Maia. Aberto pelo lado direito, Marinho deu seu cartão de visitas aos 2 minutos, quando subiu antes de Renê e cabeceou com perigo.

Com Marinho e Bruno Henrique pelos lados e Everton Ribeiro centralizado, o Flamengo foi empurrando o Inter para o seu campo. Aquela marcação colorada que funcionava para deixar a bola longe da área de Daniel no primeiro tempo já não teve a mesma efetividade a partir da mudança de Dorival Jr.

Aos 10, Gabigol teve a chance depois de um longa troca de passes rubro-negro. Bruno Henrique recebeu um toque de cavadinha de Everton Ribeiro e serviu o camisa 9, que chutou da marca do pênalti, mas acabou travado por Mercado.

A pressão do Flamengo deu resultado logo depois. Aos 12, Alan Patrick foi desarmado na intermediária por Arão. Bruno Henrique recebeu às costas de Bustos, que havia saído para servir como opção de passe a Alan Patrick, e cruzou na medida para Andreas Pereira. O volante acertou um belo chute, sem chance para Daniel: 2 a 1.

O gol gerou um clima de tensão no Beira-Rio. A torcida até tentou apoiar o time, mas o Flamengo seguiu pressionando um Inter incapaz de sair do seu campo de defesa.

Mano então decidiu fazer três trocas aos 21 minutos. Alemão, Johnny e Taison entraram nos lugares de Wanderson, Dourado e Alan Patrick. David acabou deslocado para o lado esquerdo para ajudar Renê nos avanços de Matheuzinho e Marinho. Johnny cumpriu o papel de volante pelo lado direito sendo um protetor para Bustos contra Filipe Luís e Bruno Henrique.

Aos 29, o Inter conseguiu finalmente levar perigo a Diego Alves no segundo tempo. A jogada teve dois dos jogadores que tinham acabado de entrar. Johnny serviu Alemão, que chutou forte para defesa do goleiro rubro-negro.

Logo depois, Mano fez a quatro troca com Pedro Henrique e novamente a mudança resultou em uma chance criada para o terceiro gol. Dois minutos depois, Pedro Henrique fez uma bela jogada e cruzou para Taison, que com o gol aberto mandou para fora perdendo uma chance incrível para garantir a vitória colorada.

Nos minutos finais, Dorival Jr. foi para o tudo ou nada mandando a campo o meia Diego e o centroavante Pedro, além da troca de Ayrton Lucas por Filipe Luís na lateral esquerda. Mano respondeu com Moledo na vaga de Bustos para aumentar o poder aéreo defensivo.

O Inter conseguiu segurar a pressão rubro-negra e ainda foi ao ataque. Aos 44, Pedro Henrique foi derrubado por Matheuzinho na área: pênalti. O próprio Pedro Henrique cobrou dois minutos depois e decretou a vitória de 3 a 1 do Inter no Beira-Rio.


Fonte: Gaúcha ZH


COMPARTILHE:

Rádio Porto Feliz - AM 1530
Avenida Porto Feliz, 188 - Centro - Mondaí - SC
Ligue para nós: (49) 36740122

Este site também pode ser acessado via Smartphone/Tablet. Mais mobilidade para você.