Quarta-feira, 05 de Janeiro de 2022 - 07h41
Áudio de Paixão e reações da torcida pesaram para Patrick sair do Inter
Jogador deverá jogar no SP
Foto: Ricardo Duarte/Inter

Patrick está prestes a encerrar sua trajetória no Inter. Depois de quatro temporadas, o Pantera Negra atuará no São Paulo. A decisão por deixar Porto Alegre não aconteceu apenas por causa da boa oferta que recebeu, mas pesaram a relação com a torcida e o áudio vazado de Paulo Paixão em 2021.

A história do áudio de Paixão abalou o fim de ano do Inter. No arquivo, que viralizou nas redes sociais, o preparador físico citava jogadores que deveriam sair "por permuta" para modificar o elenco vermelho. Além disso, reclamava da falta de qualidade e até entrega de alguns atletas.

Patrick foi citado nominalmente como jogador a "ser permutado". O termo irritou o jogador que, tão logo acabou a temporada e começou o período de transferências, não escondeu isso. No Twitter, postou: "Permuta é o c...".

Paixão, com noção dos reflexos que teria no grupo, pediu demissão imediatamente. Mas o estrago já estava feito. A torcida ficou do lado dele e, nos últimos jogos da temporada, entoava como cântico no Beira-Rio: "O Paixão tem razão".

Segundo apurou o UOL Esporte, o ambiente criado a partir disso inviabilizou de vez a permanência do jogador. A relação — que nunca foi a melhor — com a torcida se tornou cada vez mais difícil. Patrick entendia que o que já havia feito não era reconhecido e que o melhor seria procurar outro ambiente para jogar.

Até mesmo as reações nas redes sociais foram levadas em conta. A cada jogo ou participação dele, Patrick era acompanhado de xingamentos e críticas. O ambiente desagradou bastante o atleta e seu estafe, que concordaram que uma transferência era melhor alternativa. O Inter, por sua vez, também estava de acordo que "não havia clima" para seguir.

Entre os atletas que poderiam sair para "oxigenar o elenco", Patrick foi procurado por clubes do Brasil e do México. Houve sondagens de fora do país, mas nada efetivo. No mercado interno, Santos e Fluminense tentaram persuadir o Inter por sua liberação. O Colorado, porém, não foi contemplado pelo desejo de nenhum deles.

Até que o São Paulo apareceu na jogada. Apreciado pelo técnico Rogério Ceni, Patrick, inicialmente, seria negociado por meio de uma troca. O clube do Morumbi ofereceu o atacante Pablo, que acabou não agradando.

A última cartada, e definitiva, livrou o acordo de qualquer amarra com outro jogador. O São Paulo paga R$ 6,3 milhões por 30% do jogador e tem uma cláusula de participação em jogos para adquirir outros 20%.

Além disso, o Colorado negocia paralelamente o empréstimo de Liziero, cujo valor poderá ser abatido na negociação de Patrick, ainda que elas caminhem de forma independente.


Fonte: Uol/ esporte


COMPARTILHE:

Rádio Porto Feliz - AM 1530
Avenida Porto Feliz, 188 - Centro - Mondaí - SC
Ligue para nós: (49) 36740122

Este site também pode ser acessado via Smartphone/Tablet. Mais mobilidade para você.