Segunda-feira, 11 de Janeiro de 2021 - 15h25
Interesse cresce, e Renato Gaúcho pede "paciência" para Pepê no Grêmio
Porto e Zenit estão na dianteira

Pepê está na mira do mercado europeu. Não é de hoje que clubes como Porto, de Portugal, Sevilla, da Espanha, e Zenit, da Rússia, sondam o atacante do Grêmio. Nos últimos dias, o interesse tomou ainda mais forma, o que fez Renato Gaúcho chamar o jogador para uma conversa e pedir "paciência".

Porto e Zenit estão na dianteira. Enquanto os russos contemplam os interesses do clube brasileiro e não enxergam problema em deixar o jogador atuando no Brasil por mais algum tempo, os portugueses têm a preferência do atleta, que rejeita a possibilidade de mudança para São Petersburgo.

No meio disso tudo há um jovem de 23 anos. Temendo que as sondagens — cada vez mais fortes — prejudiquem o foco do atleta, Renato Gaúcho utilizou o tempo com ele no centro de treinamento para propor uma conversa.

"Conversei bastante tempo com ele. Já tínhamos conversado há um tempo, mas falamos de novo na quinta-feira (da semana passada). Foram uns 15 ou 20 minutos de conversa. Dei conselhos a ele, ele concordou, mas este é um assunto particular nosso. Eu sempre procuro aconselhar os mais jovens, entender o lado do clube", disse Portaluppi.

Durante o bate-papo, Renato fez um pedido: paciência. O treinador entende que Pepê tem futuro na Europa, mas quer que ele permaneça defendendo o Tricolor ao menos até a final da Copa do Brasil. O problema, neste caso, é que a janela de transferências e inscrições em Portugal vence poucos dias antes.

"Uma das coisas que falei para ele é para ter calma. Temos dois meses e duas competições importantíssimas na temporada. Se chegarem as propostas, depois, ele senta com a direção do clube, o presidente, o empresário dele, e se acertam. O importante é ter a cabeça aqui. Não custa nada esperar dois meses. Quanto mais a gente ganhar, mais valorizado é o jogador. Ele é muito valorizado, é 'fominha', quer jogar todas... Se tiver que acontecer, vai acontecer naturalmente. Nossa conversa foi boa e ele está com a cabeça totalmente focada no Grêmio", contou o treinador.

Enquanto isso, a direção gremista garante que não chegou qualquer oferta oficial de clube algum pelo atleta e que o tema será tratado com a mesma naturalidade que foram tratadas as vendas recentes do clube, como Everton e Arthur.

"Temos tratado disso com calma e serenidade. É um processo normal, que estamos habituados. Primeiro que não temos nada de novo. Segundo, um assunto dessa relevância, eu não diria nada publicamente. Isso é tratado pela presidência, de forma interna. Não existe nada, mas se vier a existir, será tratado de forma reservada pela direção do clube", acrescentou o vice de futebol Paulo Luz.


Fonte: Uol / Esporte


COMPARTILHE:

Rádio Porto Feliz - AM 1530
Avenida Porto Feliz, 188 - Centro - Mondaí - SC
Ligue para nós: (49) 36740122

Este site também pode ser acessado via Smartphone/Tablet. Mais mobilidade para você.