Terça-feira, 30 de Junho de 2020 - 11h44 - Atualizado em: Terça-feira, 30 de Junho de 2020
Venda de Gustagol tem mudança em percentual e espera por visto coreano
O contrato deve ser assinado pelas partes em até duas semanas
Foto: Divulgação/Inter

A negociação envolvendo Gustagol, emprestado pelo Corinthians ao Internacional, está em vias de ser selada e tem uma alteração significativa.

O valor a ser pago pelo Jeonbuk Motors será menor, mas também garante menos percentual do atacante. O clube da Coreia do Sul vai desembolsar US$ 2 milhões (R$ 10,8 milhões na cotação atual) por 65% dos direitos econômicos do jogador.

O arranjo atende a exigência do Inter, detentor de 15% dos direitos de Gustagol. O clube gaúcho vai embolsar cerca de US$ 450 mil (R$ 2,4 milhões na cotação atual).

A venda de 65% dos direitos econômicos por US$ 2 milhões equivale a negociação de 100% por US$ 3 milhões. De acordo com partes ouvidas pelo UOL Esporte, o Criciúma é a parte envolvida que vai permanecer com participação no contrato de Gustagol na Ásia.

Gustavo está em São Paulo, à espera de protocolo sanitário e diplomático para deixar o Brasil.

O atacante deverá cumprir quarentena de duas semanas antes de embarcar rumo à Coreia do Sul — país com grande rigor médico no combate ao novo coronavírus. É também por isso que existe trabalho intenso nos bastidores para garantir visto de entrada ao jogador.

O contrato deve ser assinado pelas partes em até duas semanas.

O Corinthians é quem vai receber o dinheiro coreano e tem a responsabilidade de repassar parte aos demais envolvidos.

Em Porto Alegre, Gustavo participou de três partidas sob o comando de Eduardo Coudet e não marcou nenhum gol.


Fonte: Uol / Esporte


COMPARTILHE:

Rádio Porto Feliz - AM 1530
Avenida Porto Feliz, 188 - Centro - Mondaí - SC
Ligue para nós: (49) 36740122

Este site também pode ser acessado via Smartphone/Tablet. Mais mobilidade para você.