Sábado, 25 de Abril de 2020 - 14h50 - Atualizado em: Sábado, 25 de Abril de 2020
Grêmio admite vender dois jogadores para times da Europa devido à crise
Além de Everton, Matheus Henrique, Jean Pyerre e Pepê estão na mira de clubes
Foto: Lucas Uebel | Grêmio FBPA

O Grêmio poderá negociar Everton Cebolinha e mais um jogador quando a janela de transferências europeia reabrir. O UOL Esporte apurou que a diretoria repassou a posição a conselheiros e representantes de movimentos políticos nos últimos dias. A decisão visa dar melhores condições financeiras ao clube diante da pandemia do novo coronavírus.

Apesar de admitir a saída de dois atletas do grupo principal, o Grêmio não tem tratativas em andamento para transferência de nenhum jogador. E aguarda movimentação do mercado da bola.

O Grêmio entende que a negociação de dois jovens dará suporte ao clube para encarar a recessão provável no futebol. Recentemente, o clube fechou acordo com elenco para parcelar direitos de imagem de quatro meses.

Além de Everton, Matheus Henrique, Jean Pyerre e Pepê estão na mira de clubes da Europa. A saída de todos eles ao mesmo tempo é considerada inviável.

O Grêmio tem orçado de cerca de R$ 88 milhões com transferências em 2020. O valor foi estimado antes da paralisação dos jogos e consequente crise gerada pela Covid-19.

Everton Cebolinha interessou ao Milan, Everton-ING, Manchester City e também clubes da Espanha nas últimas temporadas. Pepê entrou no radar do PSV, da Holanda, e Jean Pyerre tem bom conceito no Monaco-FRA. Matheus Henrique, mesmo com as convocações para a seleção olímpica e principal, ainda não recebeu consulta mais forte a ponto de ser considerado sinal de oferta no futuro.


Fonte: Uol / Esporte


COMPARTILHE:

Rádio Porto Feliz - AM 1530
Avenida Porto Feliz, 188 - Centro - Mondaí - SC
Ligue para nós: (49) 36740122

Este site também pode ser acessado via Smartphone/Tablet. Mais mobilidade para você.