Quarta-feira, 21 de Agosto de 2019 - 06h18 - Atualizado em: Quarta-feira, 21 de Agosto de 2019
Palmeiras vence Grêmio e sai na frente por semi
Equipe paulista ainda teve Felipe Melo expulso
Foto: Pedro H. Tesch/AGIF

O Palmeiras largou na frente do Grêmio na disputa por uma vaga na semifinal da Libertadores.

Nesta terça (20), na Arena do Grêmio, em Porto Alegre, o time alviverde venceu o jogo de ida das quartas de final por 1 a 0, com um golaço de Gustavo Scarpa, superando ainda a expulsão de Felipe Melo, que deixou o time com um a menos aos 32 do segundo tempo.

A equipe gremista ficou mais com a bola e pressionou, mas o Palmeiras se defendeu muito bem e decidiu a partida na bola parada. Nos minutos finais, com dez em campo, o Verdão se segurou como pôde e garantiu o resultado fora de casa.

Agora, a equipe de Felipão pode até empatar na partida de volta, na próxima terça-feira (27), no Pacaembu. O Palmeiras vai apenas treinar até lá, já que teve o jogo com o Fluminense pelo Brasileirão adiado para 10 de setembro. Já o Grêmio volta a campo antes, no sábado (24), para enfrentar o Athletico-PR pela competição nacional.

Cronologia do jogo

O Palmeiras abriu o placar com um golaço de Gustavo Scarpa aos 30 minutos, acertando um chute fortíssimo no ângulo, de muito longe, em jogada de cobrança de falta. Na segunda etapa, o Grêmio seguiu pressionando, mas o Palmeiras se defendeu bem e ainda botou uma bola na trave com Dudu. Aos 32 minutos, Felipe Melo foi expulso e deixou o alviverde com um a menos.

O melhor: Gustavo Scarpa

Em um jogo de poucos espaços, a bola parada foi fundamental. Scarpa tirou o zero do placar com um golaço de fora da área em jogada de cobrança de falta, sofrida por ele mesmo. O meia recebeu uma bola rolada por Marcos Rocha e acertou uma pancada no ângulo de Paulo Victor. Além do lance decisivo, Scarpa foi bem ao iniciar jogadas e puxar contra-ataques. Também ajudou bastante na marcação.

O pior: André

Mantido como titular no comando de ataque do Grêmio, o centroavante teve uma participação nula enquanto esteve em campo. Quase não conseguiu segurar a bola na frente, sofreu no embate físico com Luan e Gómez, errou quando tentou tabelar e ainda não foi acionado em nenhuma situação clara para finalizar. Acabou dando lugar a Diego Tardelli no segundo tempo.

Falhou ou não? Paulo Victor vira protagonista

O chutaço de Gustavo Scarpa surpreendeu o Grêmio e pegou Paulo Victor de surpresa. Logo depois do gol, o debate no estádio começou, para depois se espalhar para as redes sociais e todos os cantos. Teria o goleiro gremista falhado? O posicionamento inicial foi corrigido segundos após o início da jogada e rendeu críticas ao camisa 1. Mas ele reagiu no segundo tempo ao fazer grande defesa em cabeçada de Dudu.

O jogo do Grêmio: movimentação, mas poucas chances

O Grêmio impôs seu estilo desde o início e ficou mais com a posse de bola, instalando-se em vários momentos no campo de ataque. Mas apesar da intensa movimentação de seus jogadores de frente, o time gaúcho encontrou muita dificuldade para superar a forte marcação palmeirense. Os alviverdes perseguiam até o final os adversários e conseguiam travar vários lances, com Felipe Melo se destacando nas coberturas. Apesar de atacar muito, o time da casa pouco testou Weverton.

O jogo do Palmeiras: marcação e concentração

Com o time da casa indo para cima, o Palmeiras se concentrou em não deixar a movimentação gremista se transformar em chances de gol. E na maior parte do tempo, conseguiu. Com muita atenção nas trocas de posição do Grêmio, os comandados de Felipão se seguraram bem, às vezes com todos os jogadores ajudando no campo de defesa. Os famosos contra-ataques não encaixaram como de costume, mas a capacidade de Scarpa na bola parada acabou sendo decisiva.

Sem espaço, Everton aparece pouco

Grande esperança do Grêmio para tentar desequilibrar o jogo, o camisa 11 teve noite apagada na Arena. Com pouco espaço pelo lado esquerdo graças à marcação cerrada de Marcos Rocha, Everton não conseguiu influenciar muito a partida. Ele até tentou chamar o jogo e partir para cima, mas criou poucas chances de perigo. Quando conseguiu finalizar, errou a pontaria ou parou em Weverton.

Felipe Melo é expulso de novo e chora

Pouco mais de uma semana após ter sido expulso contra o Bahia no Brasileirão, Felipe Melo voltou a receber um cartão vermelho. O volante tomou dois amarelos, um em cada tempo, por entradas temerárias em Jean Pyerre, e acabou indo para o chuveiro mais cedo aos 32 minutos da segunda etapa. Ao ser expulso, o camisa 30 ficou caído no chão, chorou e foi consolado pelos companheiros antes de sair do gramado.

FICHA TÉCNICA

Grêmio 0 x 1 Palmeiras

Local: Arena do Grêmio, em Porto Alegre (RS)

Data: 20 de agosto de 2019 (terça-feira)

Horário: 21h30 (de Brasília)

Público: 47.852

Renda: R$ 2.686.970,00

Árbitro: Patricio Loustau (Argentina)

Assistentes: Juan Belatti e Diego Bonfa (Argentina)

VAR: Mauro Vigliano (Argentina)

Gol: Gustavo Scarpa, aos 30 minutos do primeiro tempo

Cartões amarelos: Kannemann (Grêmio); Felipe Melo e Thiago Santos (Palmeiras)

Cartão vermelho: Felipe Melo (Palmeiras)

Grêmio: Paulo Victor; Leonardo, Geromel, Kannemann e Cortez (Juninho Capixaba); Matheus Henrique, Maicon, Alisson (Luciano), Jean Pyerre e Everton; André (Diego Tardelli). Técnico: Renato Gaúcho

Palmeiras: Weverton; Marcos Rocha, Luan, Gustavo Gómez e Diogo Barbosa; Felipe Melo, Bruno Henrique, Dudu, Gustavo Scarpa (Raphael Veiga) e Willian (Thiago Santos); Luiz Adriano (Carlos Eduardo). Técnico: Luiz Felipe Scolari


Fonte: Uol / Esporte


COMPARTILHE:

Rádio Porto Feliz - AM 1530
Avenida Porto Feliz, 188 - Centro - Mondaí - SC
Ligue para nós: (49) 36740122

Este site também pode ser acessado via Smartphone/Tablet. Mais mobilidade para você.