Segunda-feira, 19 de Agosto de 2019 - 05h49
O que Inter já fez e o que ainda pode fazer para conseguir liberar Guerrero
Guerrero entrou em contato com o técnico Gareca e explicou a situação
Foto: Pedro H. Tesch/AGIF

Envolvido há mais de uma semana na tentativa de liberação de Paolo Guerrero da sua seleção, o Internacional já tentou tudo que está a seu alcance. Conversou com a Federação Peruana de Futebol, viu o centroavante entrou em contato com o técnico Ricardo Gareca, pediu mudança de data para CBF e assistiu à pressão da torcida nas redes sociais. Porém, não teve qualquer sinalização positiva.

Mesmo em meio ao cenário, o clube ainda está longe de desistir. A esperança existe, ainda que as chances sejam remotas.

Entenda o caso

O Peru tem dois amistosos marcados para a data Fifa de setembro. Encara o Equador, dia 5, e a seleção brasileira, dia 10. Como os duelos serão realizados nos Estados Unidos, apresentação e retorno de Guerrero tornariam inviável a participação dele no jogo de volta da fase semifinal da Copa do Brasil, contra o Cruzeiro dia 4 de setembro, e em um eventual jogo de ida da final, marcado para 11 de setembro.

Inter na Federação Peruana

O diretor executivo de futebol do Inter, Rodrigo Caetano, foi à Federação Peruana de Futebol e entregou um ofício solicitando que Guerrero não fosse convocado. No documento, explicou a situação dos jogos e a importância deles para o clube. A resposta, porém, foi que a decisão dependia de Gareca e que os peruanos não tinham culpa sobre o calendário brasileiro, que tem jogos decisivos em data Fifa, quando as seleções têm o direito de convocar seus jogadores.

Inter na CBF

Enquanto isso, o presidente Marcelo Medeiros e o vice de futebol Roberto Melo mantiveram contato com a CBF. Duas opções foram dadas para mudanças de data das partidas. A primeira, já inviável, era fazer o jogo de volta ao mesmo tempo do duelo de ida entre Athletico Paranaense e Grêmio, ocorrido na última quarta. Não houve tempo suficiente para a antecipação. A segunda opção era antecipar o jogo de volta para 3 de setembro, deixando assim Guerrero apto a jogar antes de se unir à seleção. Novamente houve resposta negativa, com a grade de transmissão de televisão como justificativa.

Torcida se mobiliza nas redes sociais

Percebendo o quadro negativo, a torcida do Inter se mobilizou. Por meio das redes sociais, criou uma campanha solicitando a liberação do centroavante dos amistosos da seleção. O assunto esteve entre os mais comentados do Twitter na última semana. Até mesmo os peruanos apoiaram o pleito gaúcho.

Guerrero conversa com Gareca

Guerrero entrou em contato com o técnico Gareca e explicou a situação. O treinador disse que iria pensar sobre o caso.

Ainda há esperança? Inter vê precedente

O Inter não está otimista, mas ainda nutre esperança de liberar Guerrero para os jogos decisivos. A estratégia, agora, é retomar contato com a Federação Peruana e tentar que a CBF reveja a postura sobre a data do jogo.

"O que podemos dizer é que estamos trabalhando e vamos até a última instância para que ele não seja convocado e tenhamos a chance de aproveitar seu futebol no jogo contra o Cruzeiro. Que o jogo seja antecipado, a CBF já nos deu a resposta negativa. Gostaríamos que ela revisse a ideia, porque é um prejuízo muito grande que teremos. A própria seleção brasileira não convocou jogadores envolvidos na semifinal para não prejudicar os times. E vamos ter isso se o Guerrero for chamado nesta data Fifa. Tenho que ser realista. Se fosse amanhã, é bem provável que ele fosse convocado. Mas vamos seguir trabalhando e ainda temos tempo", disse o vice de futebol, Roberto Melo.

O precedente existe. O Colorado se apoia no que aconteceu em 2014, quando a seleção peruana entrou em acordo com o Corinthians e liberou Guerrero de amistosos contra Chile e Guatemala para o centroavante disputar o jogo de volta das quartas de final da Copa do Brasil. O Timão havia vencido o Atlético-MG no duelo de ida, pediu para ter o atacante e foi atendido em situação idêntica a vivida pelo Inter hoje, mas acabou perdendo o compromisso de volta e ficou fora da semifinal.

Data limite no pleito

O Colorado pretende tentar tudo que for possível até o dia da convocação do Peru. A data marcada para isso é 23 de agosto, a próxima sexta-feira.


Fonte: Uol / Esporte


COMPARTILHE:

Rádio Porto Feliz - AM 1530
Avenida Porto Feliz, 188 - Centro - Mondaí - SC
Ligue para nós: (49) 36740122

Este site também pode ser acessado via Smartphone/Tablet. Mais mobilidade para você.