Quinta-feira, 13 de Junho de 2019 - 06h30 - Atualizado em: Quinta-feira, 13 de Junho de 2019
Em jogo morno, Grêmio vence Botafogo no Rio e se afasta da degola
Tricolor venceu a segunda seguida no Brasileiro
Foto: LUCAS UEBEL/GREMIO FBPA

O Grêmio superou os desfalques e venceu o Botafogo por 1 a 0, no Nilton Santos, pelo Campeonato Brasileiro.

O jogo foi muito morno, com pouquíssimas oportunidades, e o gol só saiu na reta final, em cobrança de falta de Jean Pyerre.

O resultado fez com que o time de Porto Alegre subisse para a 11ª posição e se afastasse consideravelmente da zona de rebaixamento após início ruim.

O Botafogo, por sua vez, caiu para a sexta posição e terá que secar todos os rivais direto na última rodada antes do recesso para a Copa América para seguir entre os primeiros colocados.

Os melhores: Gabriel e Jean Pyerre

O zagueiro foi o grande destaque do Botafogo no jogo de hoje. Bem na marcação, mostrou muita qualidade também na saída de bola. Pelo Grêmio, o autor do gol foi quem mais buscou armar as jogadas. Foi coroado com o lance da vitória.

Os piores: Erik e Felipe Vizeu

Os atacantes estiveram pouco inspirados em campo. Erik vem de sequência ruim e novamente não apresentou bom futebol contra o Grêmio. Já Felipe Vizeu tentou de tudo, mas não conseguiu concluir as jogadas.

Espaçado, Botafogo tem dificuldade de criação

Uma das características do time de Eduardo Barroca, a posse de bola não foi possível no primeiro tempo. De acordo com informações do Footstats, o Grêmio ficou com a redonda em 55,7% da etapa inicial. A explicação é que o time do Botafogo estava muito espaçado em campo. Os jogadores de ataque não conseguiram dar opção para a sequência das jogadas.

Grêmio assume protagonismo, mas sem levar perigo

O Grêmio, por outro lado, mostrou toda sua qualidade apesar dos vários desfalques. Melhores em campo, os visitantes rondaram a área do Botafogo em diversos momentos da partida. A melhor chance do jogo foi logo três minutos, em finalização de Diego Tardelli que parou em boa defesa de Cavalieri.

VAR revê e descarta pênalti em lance de Carli

O VAR entrou em ação e chegou a analisar um lance a favor do Grêmio durante o primeiro tempo. Em jogada na área, Carli subiu para fazer o corte e viu a bola bater em seu braço. Ele estava muito grudado em Felipe Vizeu e não teve tempo de desviar. A arbitragem reviu a jogada e considerou tudo normal.

Rodriguez sente lesão, e Grêmio fica sem zagueiros

Repleto de desfalques, o Grêmio entrou em campo com apenas um zagueiro: Rodriguez. O problema é que o jovem jogador sentiu lesão e teve que deixar o gramado. Coube a Renato utilizar dois atletas improvisados no setor: os volantes Michel e Rômulo.

Jean Pyerre marca de falta

O jogo era morno, e os times criaram pouquíssimas oportunidades dentro de campo. Nesse cenário, não é surpresa imaginar que o gol pudesse sair em jogada de bola parada. E foi justamente o que aconteceu. Jean Pyerre foi derrubado na entrada da área. Ele mesmo bateu com categoria para vencer Cavalieri: 1 a 0.

FICHA TÉCNICA

BOTAFOGO 0 X 1 GRÊMIO

Data e hora: 12/06/2019, às 19h15 (de Brasília)

Local: Nilton Santos (Engenhão), no Rio de Janeiro (RJ)

Arbitragem: Marcelo Aparecido de Souza (PB)

Auxiliares: Bruno Salgado Rizo e Evandro de Melo Lima (SP)

Gols: Jean Pyerre, aos 35min do segundo tempo;

Cartões amarelo: Thaciano e André (GRE) Yuri (BOT)

BOTAFOGO

Diego Cavalieri; Fernando, Joel Carli, Gabriel e Gilson; Cícero, Alex Santana, João Paulo (Lucas Campos); Luiz Fernando (Yuri), Erik (Lucas Barros) e Diego Souza

Técnico: Eduardo Barroca

GRÊMIO

Paulo Victor; Leonardo, Michel, Rodriguez (Darlán) e Juninho Capixaba; Rômulo, Thaciano, Jean Pyerre e Alisson; Diego Tardelli (Pepê) e Felipe Vizeu (André)

Técnico: Renato Gaúcho


Fonte: Uol / Esporte


COMPARTILHE:

Rádio Porto Feliz - AM 1530
Avenida Porto Feliz, 188 - Centro - Mondaí - SC
Ligue para nós: (49) 36740122

Este site também pode ser acessado via Smartphone/Tablet. Mais mobilidade para você.