Sábado, 13 de Abril de 2019 - 07h41
​Juventude repudia ato de racismo contra jogador do Botafogo
Torcedor foi identificado e retirado da arquibancada
Foto: Vitor Silva/ SS Press / Botafogo / Divulgação / CP

Um ato de racismo de um torcedor no estádio Alfredo Jaconi manchou a partida que garantiu a classificação do Juventude para a quarta fase da Copa do Brasil.

Durante a vitória por 2 a 1 sobre o Botafogo, o volante Bochecha do clube carioca revelou que foi alvo de insultos vindos da arquibancada.

Ele foi identificado e retirado do local pela polícia.

Ainda na quinta-feira, o Juventude divulgou uma nota criticando a atitude racista e lembrando que o fato não pode manchar a imagem da sua torcida e do clube.

• Confira a nota divulgada pelo Juventude

Dadas as acusações de um atleta do Botafogo de Futebol e Regatas em relação a insultos descabidos por parte de um torcedor, o Esporte Clube Juventude salienta que não compactua com nenhum tipo de ato discriminatório.

Ao tomar conhecimento do fato, o Esporte Clube Juventude prontamente se mobilizou, juntamente com a Polícia Militar, para que fosse realizada a identificação do torcedor. O mesmo foi identificado e conduzido ao posto do Juizado Especial Criminal, que, costumeiramente, atua com plantão no estádio Alfredo Jaconi em dias de jogos.

O Esporte Clube Juventude reitera que atitudes individuais e isoladas não representam a postura da torcida e do clube.


Fonte: Correio do Povo


COMPARTILHE:

Rádio Porto Feliz - AM 1530
Avenida Porto Feliz, 188 - Centro - Mondaí - SC
Ligue para nós: (49) 36740122

Este site também pode ser acessado via Smartphone/Tablet. Mais mobilidade para você.