Quinta-feira, 13 de Setembro de 2018 - 11h11 - Atualizado em: Quinta-feira, 13 de Setembro de 2018
Grêmio adia linha de produtos com Renato Gaúcho
Reuniões espaçadas ao longo do ano não conseguiram definir plano comercial para marca
Foto: LUCAS UEBEL/GREMIO FBPA

O plano do Grêmio de criar uma marca e linha de produtos explorando a imagem de Renato Gaúcho segue sem sair do papel. Depois de reuniões preliminares entre o departamento de marketing do clube gaúcho e o estafe do treinador, o projeto continua sem prazo para ser executado. O contrato perto do fim entre clube e técnico, contudo, não chega a assustar.

Aos 56 anos, Renato tem vínculo até dezembro. O Grêmio garante ter interesse na renovação, mas sabe que o treinador só abrirá conversas a respeito do tema após o último jogo do ano.

No fim de 2017, o Grêmio renovou contrato com Renato Portaluppi e apresentou projeto preliminar para criar uma linha de produtos com marca ligada ao ex-atacante. Em janeiro, a ideia foi trabalhada e o conceito criado. De lá para cá, pouca coisa evoluiu.

As reuniões, realizadas em janeiro e maio, foram sempre com o estafe de Renato Gaúcho. O técnico não chegou a participar dos encontros. A demora em apresentar um plano mais robusto gerou certa decepção no lado do treinador nas tratativas.

O conceito desenvolvido pelo Grêmio trabalha a identidade visual 'R7', em alusão ao número que Renato usou em grande parte da carreira como jogador. No entanto, o plano sempre teve pontos em branco no que diz respeito a espaço na rede de lojas do clube, linha de produtos e royalties.

A ideia inicial era lançar a marca até maio. Depois, o prazo virou 'ainda primeiro semestre' e mais recentemente havia previsão de lançamento na semana de celebração aos 115 anos do Grêmio. Com o banquete de aniversário confirmado para sexta-feira (14), a nova data também não será cumprida.

No Grêmio, a versão é de que a inauguração da estátua de Renato é o novo prazo, usando a obra, que não tem prazo oficial para ser entregue, como uma espécie de ativação ao plano. Já o estafe do treinador entende que a reta final da Libertadores inibe reuniões sobre o assunto.

"O Renato é o maior ídolo da história do Grêmio e isso é atemporal", argumenta Beto Carvalho, diretor de marketing do clube gaúcho. "Faltam algumas conversas, mas vai sair", contemporiza Gerson Oldenburg, empresário do treinador.

O Grêmio volta a campo neste sábado (15), contra o Paraná, pela vigésima quinta rodada do Campeonato Brasileiro. Na terça-feira, o time encara o Tucumán-ARG na partida de ida das quartas de final da Libertadores.


Fonte: Uol/ esporte


COMPARTILHE:

Rádio Porto Feliz - AM 1530
Avenida Porto Feliz, 188 - Centro - Mondaí - SC
Ligue para nós: (49) 36740122

Google Maps

Este site também pode ser acessado via Smartphone/Tablet. Mais mobilidade para você.