Elvis Caetano

Bom Dia Porto Feliz
07:03 às 07:52

Terça-feira, 29 de Outubro de 2013 - 15h00
Avó amamenta neto recém nascido após morte da filha durante parto
Mulher de 56 anos fez tratamento para estimular a produção de leite.
Para a avó, amamentar o neto aumentou o laço entre os dois

Para a avó, amamentar o neto aumentou o laço entre os dois

Foto: Reprodução RBS TV

Um bebê recém nascido está sendo amamentado pela avó em Tubarão, no Sul catarinense. A mãe do bebê teve complicações no parto e morreu. Assim, a avó materna se ofereceu para amamentá-lo.

Noah de Melo nasceu prematuro no dia 12 de outubro. Gizele de Melo, de 30 anos, não resistiu às complicações do parto e morreu. Segundo Juliano de Melo, pai do bebê, Gizele gostaria de dar a luz a Noah com parto natural, pois a outra filha do casal havia nascido de cesariana. No entanto, uma cirurgia de emergência precisou ser realizada e Gizele não resistiu a uma ruptura uterina e hemorragia.

Cleuza Aparecida de Souza, de 56 anos, fez um tratamento para estimular a produção de leite. “Primeiro fui falar com o pediatra do meu desejo de amamentar. Aí ele ficou me olhando meio que incrédulo”, diz Cleuza. Com uma semana de tratamento, Cleuza já pôde amamentar o bebê, que estava internado na Unidade de Terapia Intensiva do Hospital Nossa Senhora da Conceição, em Tubarão.

O leite materno é o alimento mais importante para um recém nascido. Segundo Gloria Barcelos, chefe do banco de leite do hospital, é por meio do aleitamento que o bebê fica imune às doenças. “Esse leite vai servir como o outro leite materno, para beneficiar esse neném e também a avó, que está amamentando”, explica Gloria.

A família é natural de Marília, em São Paulo. Por motivos profissionais, há aproximadamente dois anos e meio, Juliano e Gizele moram em Tubarão. Com a morte de Gizele, Cleuza veio de São Paulo para auxiliar nos cuidados com o recém nascido.

Noah recebeu alta do hospital no domingo (27). Agora, a avó, que é funcionária pública, está tentando conseguir licença maternidade. Segundo Cleuza, a inciativa a deixou realizada e aumentou o laço entre avó e neto. “Avó é mãe duas vezes, então esse laço vai ser maior”, declara Cleuza.


Fonte: G1/SC


DEISS
COMPARTILHE:
Enquete

Crimes como o assassinato do menino Bernardo, ocorrido no RS, levantam a questão da pena de morte. Você é a favor ou contra?

 
Resultados
Sim
94%
Não
6%

 Voltar para enquete
MARIO AUTOMOVEIS
Rádio Porto Feliz no facebook

Rádio Porto Feliz - AM 1530
Avenida Porto Feliz, 151 - Centro - Mondaí - SC
Ligue para nós: (49) 36740122
http://www.portofeliz.am.br/

Google Maps

Este site também pode ser acessado via iPad/Tablet. Mais mobilidade para você.