Equipe Rádio Porto Feliz

Informativos
11:00 às 13:40

Segunda-feira, 14 de Outubro de 2013 - 09h53
Justiça impede Grêmio de quitar dívida com Luxemburgo
Técnico perdeu processo judicial e deve ao ex-atacante Edmundo
Justiça impede Grêmio de quitar dívida com Luxemburgo

Justiça impede Grêmio de quitar dívida com Luxemburgo

Foto: Lucas Uebel / Grêmio / CP

Após a troca de farpas entre o presidente do Grêmio, Fábio Koff, e o técnico Vanderlei Luxemburgo, a briga judicial entre o clube e o profissional ganhou um novo capítulo. Por conta da rescisão de contrato, o Tricolor deve ao profissional cerca de R$ 6 milhões. A dívida, no entanto, não poderá ser paga num primeiro momento. Segundo informações do membro do Conselho de Administração do Grêmio, Nestor Hein, a Justiça carioca intimou o clube a não quitar a quebra do vínculo por conta de uma dívida do treinador com o ex-atacante Edmundo.

De acordo com o colunista do Correio do Povo Hiltor Mombach, o Grêmio ofereceu R$ 3 milhões parcelados até o final da gestão, no dia 31 de dezembro de 2014. A proposta não foi aceita e a dívida será discutida na Justiça.

A troca de acusações entre Koff e Luxa começou após o empate entre Grêmio e Fluminense no Rio de Janeiro. Demitido, Luxa comentou a saída do time. “O dr. Fábio (Koff) cismou de me mandar embora. Só lamento porque fui contratado pelo Paulo Odone (ex-presidente do Grêmio). Não pelo Fábio Koff. E ele ganhou a eleição do Grêmio. Então, eu sabia que a qualquer momento alguma coisa ia acontecer. Eu sentia isso. E aconteceu”, disse o treinador.

Luxemburgo cobrou a dívida que, segundo ele, o Grêmio ainda tem, incluindo multa rescisória de quebra de contrato e pagamento do salário do último mês de trabalho. “Ele é um juiz de direito. Juiz julga. E preza pelo certo. O que eu trabalhei é de direito adquirido, ele tem que me pagar. Eu trabalhei, tem que me pagar. O contrato para frente se ele quer discutir na Justiça, é um direito dele. Mas o que eu trabalhei, quero receber. Não tem porque o Grêmio não me pagar”, disparou.

"Vanderlei nunca me enganou"

Koff questionou as acusações de Luxemburgo. “Eu não cismei com ninguém, e ele não pode se dar ao direito de cobrar por trabalho. Quero que ele prove que os horários foram cumpridos”, desafiou.

O mandatário negou que Vanderlei Luxemburgo tenha sido demitido por alguma desavença com jogador. “Mandei ele embora por incompetência, por ausência de resultados. Ele quer que pensem isto para não arranhar a imagem de quem não ganha nada há dez anos. Mas eu não sou mágico de fazer com que ele consiga os resultados, e sou eu que não acerto?”, questionou.

Em seguida, Koff revelou o motivo que fez com que ele desistisse, de vez, de contar com Luxa. “A dispensa ocorreu por falta grave. Eu o chamei para uma conversa com urgência, e ele não atendeu. Ele pode ter enganado a torcida do Grêmio por um tempo, que até pediu sua permanência em um Gre-Nal no qual perdemos. Mas o Vanderlei (Luxemburgo) nunca me enganou. Fui condicionado a trabalhar com ele, e cometi um dos meus maiores erros”, ponderou.


Fonte: Correio do Povo


COMPARTILHE:
Enquete

Queremos saber: você que acompanha o site da Rádio Porto Feliz, qual a sua faixa etária?

 
Resultados
Menos de 15 anos
3%
De 15 a 30 anos
45%
De 30 a 50 anos
39%
Mais de 50 anos
14%

 Voltar para enquete
Clique aqui para anunciar
Rádio Porto Feliz no facebook

Rádio Porto Feliz - AM 1530
Avenida Porto Feliz, 188 - Centro - Mondaí - SC
Ligue para nós: (49) 36740122
http://www.portofeliz.am.br/

Google Maps

Este site também pode ser acessado via iPad/Tablet. Mais mobilidade para você.